Saiba as principais dúvidas sobre Diabetes

listamos as dúvidas mais frequentes de quem acabou de descobrir a doença ou está em busca de técnicas que ajudem na eficácia do tratamento

A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que o número de diabéticos deve chegar, em todo o mundo, a 366 milhões em apenas 14 anos. Atualmente, mais de 12 milhões de brasileiros já sofrem com a doença.

O aumento da enfermidade vem acompanhado também de um número cada dia maior de dúvidas de pacientes, familiares e profissionais da saúde que acompanham e realizam o controle de alguns casos.

Para te ajudar a orientar seu paciente ou familiares da melhor maneira possível, listamos as dúvidas mais frequentes de quem acabou de descobrir a doença ou está em busca de técnicas que ajudem na eficácia do tratamento.

 

Quais as restrições alimentares?

 

Todos os pacientes diagnosticados com Diabetes precisam ter mente que para conviver bem com essa doença é necessário seguir algumas indicações, como as restrições alimentares.

Isso porque a deficiência na absorção da insulina pode causar graves problemas de saúde para o paciente, especialmente por conta das taxas elevadas de açúcar no sangue.

O mais comum é que seja necessário um controle maior da ingestão de carboidratos simples, como a farinha refinada e os doces. Casos individuais também podem surgir e aí são os profissionais de nutrição que devem orientar melhor cada pessoa.

 

Complicações da diabetes?

Outro ponto comum de dúvidas são as complicações crônicas causadas pela doença. Elas normalmente são separadas em dois grupos:

– as que atingem os pequenos vasos sanguíneos (microvasculares)

– as que atingem os grandes vasos sanguíneos (macrovasculares)

Entre as microvasculares estão as retinopatias, neuropatias e nefropatias. Já para as macrovasculares os problemas de saúde mais comuns são a aterosclerose, acidente vascular cerebral, doença arterial coronariana e doenças vasculares periféricas, que podem causar até mesmo necrose e amputações.

 

 Quais os sintomas mais comuns?

 

Apesar de ser uma doença silenciosa e muitas vezes assintomática, é comum que pacientes com diabetes do tipo 1 tenham uma evolução rápida do quadro, o que facilita a identificação do problema e um tratamento mais assertivo.

Entre os principais sintomas estão a falta de apetite, cansaço e sede excessivos, perda de peso rápida, vista embaçada e o aumento na produção de urina.

 

Terei que tomar insulina?

 

Essa é uma das dúvidas mais corriqueiras sobre a Diabetes e sua resposta não é certa, já que dependerá do caso ou do avanço da doença. O mais comum é que os pacientes diagnosticados com Diabetes tipo I já iniciem as injeções diárias de insulina assim que descobrem a doenças.

Para quem sofre com a Diabetes do tipo 2, a insulina só é inserida na rotina quando os remédios antidiabéticos e a dieta não controlam os níveis de açúcar no sangue.

Faça o download do catálogo de produtos SOL-Millennium!

Warning: the following comments are the responsibility of the author and do not necessarily represent the views of the SOL-Millennium.

Deixe seu comentário

Publicações relacionadas