Quais As Diferenças Entre a Diabetes Tipo 1 E 2

Entenda a diferença entre essas duas formas da doença e conheça os sinais e os sintomas de cada uma.

A diabetes é uma doença que altera o funcionamento do organismo, causando complicações. Em uma pessoa sem diabetes, quando o nível de glicose no sangue aumenta, o pâncreas produz insulina e a glicose ou é utilizada como combustível ou é armazenada, fazendo com que o nível dela no sangue volte ao normal. Mas não é isso que acontece com as pessoas que têm diabetes tipo 1 e 2.

Entenda a diferença entre essas duas formas da doença e conheça os sinais e os sintomas de cada uma.

 

Diabetes tipo 1

Quem sofre com a diabetes tipo 1, não produz a insulina e, por isso, têm níveis altos de açúcar no sangue. Essa forma da doença é autoimune, ou seja, o sistema imunológico ataca as células beta, onde a insulina é produzida. Assim sendo, a diabetes tipo 1 costuma ser diagnosticada ainda na infância.

Como a glicose fica no sangue, ela não é usada como energia. A forma de tratamento utilizada para controlar essa substância é a aplicação de insulina e medicamentos somados a uma dieta alimentar e à prática de atividades físicas.

O sintomas mais comuns em quem tem diabetes tipo 1 é o aumento da necessidade de urinar e de beber líquidos, emagrecimento e aumento do apetite. Nas crianças, a falta de controle da micção também é um sinal da doença.

 

Diabete tipo 2

A diabetes tipo 2 altera a capacidade do corpo em converter o açúcar que está no sangue em energia, ou seja, o organismo possui uma resistência à insulina e também não produz esse hormônio em quantidade suficiente. Por isso, há um aumento anormal dos níveis de glicemia no sangue.

Com essa alteração da insulina, que tem como função ajudar no funcionamento do pâncreas, o órgão trabalha mais para manter o ritmo. O fígado, por sua vez, continua produzindo glicose e essa substância tem dificuldade em entrar nas células. Por isso, os rins tentam eliminar o acúmulo de glicose no sangue e isso acaba causando necessidade de urinar muitas vezes ao dia, bem como ingerir mais líquidos.

Apesar das alterações que ocorrem no corpo serem parecidas, com as explicações acima é possível perceber as diferenças entre a diabetes tipo 1 e 2. Afinal, na primeira forma da doença, o pâncreas deixa de produzir insulina, enquanto na segunda o hormônio não é produzido em quantidades suficientes.

Faça o download do catálogo de produtos SOL-Millennium!

Warning: the following comments are the responsibility of the author and do not necessarily represent the views of the SOL-Millennium.

Deixe seu comentário

Publicações relacionadas