Palestra da Sol-M e Mecfarma na Fecomércio da Bahia sobre a NR 32 e prevenção de acidentes com material biológico.

Palestra da Sol-M e Mecfarma na Fecomércio da Bahia sobre a NR 32 e prevenção de acidentes com material biológico.

Palestra da Sol-M e Mecfarma na Fecomércio da Bahia sobre a NR 32 e prevenção de acidentes com material biológico.

Todos os dias vários profissionais que atuam na área da saúde, principalmente os de enfermagem, são expostos ao perigo de se furarem com agulhas. As unidades médicas de movimentação intensa, como pronto-socorro e salas de cirurgia, oferecem ainda mais riscos de fatalidades irreversíveis.

Com o intuito de chamar atenção para esse assunto e despertar o interesse público para a necessidade de conscientização e prevenção de acidentes em hospitais e centros médicos, a Sol-Millennium e a distribuidora Mecfarma realizaram no dia 2 de março a palestra “NR 32 e prevenção de acidentes com material biológico: impacto na utilização de dispositivos de segurança”. O evento, realizado na Fecomércio da Bahia (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia), foi gratuito e destinado aos profissionais de saúde das redes públicas estadual e municipal de Salvador.

A quantidade de acidentes de trabalho envolvendo perfurocortantes no município de Salvador e no estado da Bahia; consequências à saúde do trabalhador; consequências e impacto financeiro à administração pública foram algumas das principais temáticas apresentadas pela palestrante Karina de Araújo, enfermeira e especialista em Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde da Sol-Millennium. De acordo com a especialista, o risco médio de se contrair HIV em um acidente percutâneo é de 0,3%.

“O número parece pequeno, mas o perigo que isso representa para cada uma das vidas expostas é enorme”, ressalta Karina. “Passar por um acidente como esse mexe com toda a vida profissional e pessoal de uma pessoa. Além de todo o tratamento profilático ao qual o profissional deve ser submetido, existe a discriminação pela qual ele passa, a ansiedade e o medo do futuro, além de incontáveis outros efeitos adversos”, explica.

A Sol-Millennium agradece a MecFar.

Warning: the following comments are the responsibility of the author and do not necessarily represent the views of the SOL-Millennium.

Deixe seu comentário

Publicações relacionadas