Outubro Rosa. Saiba tudo sobre essa campanha.

Outubro Rosa chegou e você ainda não sabe os detalhes dessa campanha?

A SOL-Millennium preparou as principais informações para você.

Você já deve ter percebido que a cor rosa começa a ficar mais comum quando chega o mês de outubro. Pessoas usam lacinhos em suas roupas, cartazes e panfletos são distribuídos e monumentos ganham uma luz rosada em algumas cidades. Esse é o Outubro Rosa, uma campanha de conscientização sobre o câncer de mama.

Esse tipo de câncer está entre as principais causas de morte entre mulheres, atingindo cerca 1,38 milhões no mundo e com a estimativa de 59.700 novos casos no Brasil este ano.

O câncer de mama pode ser uma doença fatal e devastadora caso não seja descoberto precocemente. Quanto mais cedo houver o diagnóstico, maior é a chance de cura. Possuir informações sobre a doença dá uma vantagem enorme na luta contra o câncer.

São vários os fatores que podem contribuir com o desenvolvimento do câncer de mama. É importante ressaltar que não há uma causa única para o seu surgimento.

Uma das principais é o histórico familiar. A genética pode influenciar diretamente e se houver casos da doença em parentes de primeiro, segundo ou terceiro grau, é preciso redobrar a atenção.

A idade também contribui para o aparecimento do câncer. Mulheres entre 40 e 96 anos fazem parte do grupo de risco, e o acompanhamento médico e exames regulares são fundamentais para essa faixa etária.

Mulheres que começaram a menstruar precocemente e tiveram o início da menopausa acontecendo mais tarde que o normal, também têm mais chances de desenvolverem câncer de mama.

A informação é um forte aliado contra o câncer de mama. Conhecer as possíveis alterações que a doença pode causar ajuda a impedir que o quadro evolua para algo mais grave. É essencial que a mulher conheça bem o seu corpo, em especial as mamas e em qualquer sinal de anormalidade, um médico deve ser procurado.

Os sintomas mais comuns da doença são:

-Nódulos nos seios, pescoço ou axilas;

-Pele enrugada, lembrando a casca de uma laranja;

-Alteração no formato das mamas e dos mamilos;

-Inchaço e vermelhidão na pele;

-Dor na mama ou nos mamilos;

-Inversão dos mamilos;

-Líquido anormal e escuro que sai pelos mamilos.

 

O autoexame das mamas ajuda a identificar qualquer um dos sintomas e é a melhor maneira de detecção. Ele é prático, rápido e proporciona um momento de autoconhecimento que é fundamental para a prevenção.

1- Fique de frente para um espelho para notar qualquer diferença em quatro posições: com os braços relaxados, em cima da cabeça, mãos na cintura e se inclinando para frente.

2- Apalpe as mamas em busca de algum nódulo ou alteração. Faça movimentos circulares e em direção ao mamilo. Utilize a mão esquerda para a mama direita e a mão direita para a mama esquerda.

3-Deite se com um dos braços atrás da cabeça e repita o procedimento.

Faça o autoexame uma vez por mês, 3 a 5 dias após a menstruação ou em alguma data fixa para mulheres que não menstruam.

 

O compartilhamento de informações preventivas é muito importante na luta contra o câncer de mama. Quanto mais mulheres informadas, mais mulheres terão chance de vencer a doença.

 

Faça o download do catálogo de produtos SOL-Millennium!

Warning: the following comments are the responsibility of the author and do not necessarily represent the views of the SOL-Millennium.

Deixe seu comentário