Novembro Azul e o Câncer de Próstata

Novembro é conhecido mundialmente como o mês da conscientização sobre a importância do exame de próstata. Mas você sabe todos os detalhes sobre a o câncer de próstata? Confira em nosso artigo o que é a doença, qual o seu panorama atual no Brasil e a real importância do exame preventivo.

A próstata é uma glândula do homem que fica localizada na parte baixa do abdômen, logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Ela é responsável pela produção de parte do sêmen.

O câncer de próstata é a consequência da transformação das células dos ácinos, que se proliferam de maneira anormal e ganham a capacidade de invadir o órgão. Em alguns casos eles podem circular pelo corpo e produzir tumores em outras partes do corpo. Isso é chamado de metástase.

Alguns dos tumores podem crescer de forma rápida, entretanto a maioria cresce de forma lenta e muitos não chegam a dar sinais durante a vida ou ser um risco real para paciente.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, perdendo apenas para o câncer de pele não-melanoma. A doença é considerada da terceira idade, já que três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

Para o Brasil, são estimados 68.220 novos casos de câncer de próstata entre 2018 e 2019. Isso significa um risco estimado de 66,12 novos casos a cada 100 mil homens.

A doença é a segunda mais predominante em todas as regiões do Brasil, com as seguintes taxas de incidência.

Na maioria dos casos o câncer cresce lentamente e não causa sintomas, já em tumores mais avançados pode causar:

-Dificuldade para urinar

-Sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga

-Hematúria

Quando a doença evolui para dor óssea, principalmente na região das costas, é sinal que ela evoluiu para um grau de maior gravidade.

Existem diversos tipos de cânceres de próstata, mas 95% deles são os Adenocarcinomas, que podem ser de baixo, médio e alto grau. Os outros 5% incluem tipos mais raros, como carcinomas de pequenas células, sarcomas e linfomas.

Se diagnosticado em seus estágios iniciais, o câncer de próstata tem altas chances de ser curado, mas para isso é necessário que o homem faça regularmente os exames preventivos.

O câncer pode ser diagnosticado medindo a dosagem do PSA, sigla para Prostate-Specific Antigens ou antígenos específicos da próstata, que são moléculas produzidas pela glândula. Outra forma é pelo exame de toque retal.

Ainda se tem um grande preconceito envolto no exame físico. Uma pesquisa feita pela Datafolha, em 2017, 21% da população masculina afirmou que o exame “não é coisa de homem” e “não é necessário” para outros 38%. A pesquisa também mostrou que 35% dos homens entre 50 e 59 anos nunca fizeram o exame.

Em entrevista para o Portal Drauzio Varella, o professor de Urologia da Unifesp, Miguel Srougi, disse “Os homens relutam em fazer o toque retal por dois motivos: primeiro, por preconceito cultural típico do machismo latino. Segundo, por medo de sentir dor. Eles são muito mais medrosos do que a mulher, que enfrenta melhor qualquer situação dolorosa”.

E é com esse cenário de desinformação e preconceito que entra a importância do Novembro Azul. O mês é dedicado à disseminação da importância do exame e informações sobre o câncer de próstata. Mesmo sendo um exame invasivo, como qualquer outro, é muito importante se ter em mente que ele pode salvar vidas.

Então se você é homem e possui mais de 50 anos faça o exame regularmente!

 

Faça o download do catálogo de produtos SOL-Millennium!

Warning: the following comments are the responsibility of the author and do not necessarily represent the views of the SOL-Millennium.

Deixe seu comentário

Publicações relacionadas